24 agosto 2009

Não jogue um cachorrinho no lixo!


O título dessa postagem pode parecer absurdo "não jogue um cachorrinho no lixo", mas foi exatamente o que aconteceu com o Jack, o cãozinho da foto.
E não pense que essa história aconteceu longe de você, tudo isso se passou em Registro, na Vila Tupi:

Passei a madrugada inteira escutando filhotinhos de cachorro chorando, pensei que o som vinha da casa de algum vizinho e voltei a dormir. É normal um filhote chorar na primeira noite longe da mãe. Só percebi que algo estava errado quando notei que a choradeira continuou durante a manhã do outro dia...
Resolvi sair para saber de qual casa vinha o som, o vizinho deveria estar precisando de ajuda para cuidar dos cachorrinhos porque eles estavam chorando há muitas e muitas horas.


Andei de um lado para o outro na rua com o ouvido atento, mas para a minha surpresa, o barulho não vinha da casa de ninguém: os filhotes estavam no terreno baldio, no meio do lixo. Eram dois, um macho e uma fêmea, com cerca de duas semanas, o macho não tinha nem forças para chorar, estava quase morrendo. A fêmea estava um pouco melhor porque se alimentou do xixi do irmãozinho, era ela quem ainda conseguia fazer algum barulho.
Os dois estavam em péssimas condições, mas o menininho estava pior, além da pata machucada, era impossível identificar se era macho ou fêmea, já que sua irmã se alimentou de seu xixi. Pensávamos que ele morreria, mas cuidamos dele mesmo assim.




Hoje Jack é meu cachorro, um belo cão de guarda, bravo com quem não conhece e um brincalhão com os amigos. Quase não ficaram sequelas, apenas algumas cicatrizes. Kate também cresceu e ficou bela, já teve seus filhotinhos em um sítio perto daqui. Nos contaram que Jack e Kate foram jogados propositalmente no meio do lixo, mas por sorte tivemos dois finais felizes.


(O Jack não se parece com o Alemão que era do GPA?)






Se você também tem uma história que gostaria de compartilhar com o blog do GPA, mande um e-mail para lianatami@gmail.com, adoramos finais felizes.

4 comentários:

  1. Belíssima história. Triste com final feliz. Seria ótimo se todos os cachorros abandonados encontrassem bons lares, mas melhor ainda seria se não fossem abandonados.

    Mais uma vez, parabéns pela iniciativa...

    ResponderExcluir
  2. Coment 1: Jack e Kate foram os nomes carinhosamente escolhidos para os dois filhotinhos abandonados, inspirados no seriado LOST;
    Coment 2: Não sabíamos como iríamos alimentá-los, pois eram muito pequeninos. A solução foi improvisar embalagens tipo conta-gotas e usá-las como mamadeiras;
    Coment 3: o estado dos bichinhos era tal, que pensávamos terem nascido com deformidades, mas isso não foi impedimento para que desistíssemos deles;
    Coment 4: Foram meses acordando várias vezes de madrugada para dar mamadeira, limpar a sujeira e brincar um pouco com os dois;
    Coment 5: TUDO VALEU A PENA!

    ResponderExcluir
  3. Hahaha!

    Para você ver...
    Salvo de um final trágico e agora tem até foto na internet!

    hehehe... pena que todos aqueles outros animais das fotos não tem lar...
    onde que eles ficam?

    ResponderExcluir
  4. título dessa postagem pode parecer absurdo "não jogue um cachorrinho no lixo", mas foi exatamente o que aconteceu com o Jack, o cãozinho da foto.
    E não pense que essa história aconteceu longe de você, tudo isso se passou em Registro, na Vila Tupi:guild wars 2 gold
    buy guild wars 2 gold
    cheap guild wars 2 gold
    cheapest guild wars 2 gold
    guild wars 2 gold for sale

    ResponderExcluir